Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Participantes da Febic e MCTEA serão premiados com credenciamento para SaberTec
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Participantes da Febic e MCTEA serão premiados com credenciamento para SaberTec

Em sua segunda edição o SaberTec receberá sete trabalhos premiados nestas feiras, realizadas nos estados do Pará e Santa Catarina

  • Publicado: Quarta, 09 de Maio de 2018, 15h20
  • Última atualização em Quinta, 10 de Maio de 2018, 12h56

Três trabalhos apresentados na Feira Brasileira de Iniciação Científica (Febic), realizada em Santa Catarina, e quatro na Mostra de Ciências e Tecnologia Escola Açai (MCTEA),  do estado do Pará, serão premiados este ano com o credenciamento para o SaberTec, mostra de projetos de ensino, pesquisa e extensão de alunos do ensino fundamental, médio e técnico. O evento será promovido pelo Câmpus Sapucaia do IFSul nos dias 11 e 12 de setembro de 2018.

 

“O fato de estarmos apenas no segundo ano de realização do SaberTec e já recebermos trabalhos credenciados em outras feiras comprova que a primeira edição foi um sucesso”, avalia a coordenadora, Janaína Jaeger. Ela destaca ainda a relevância da vinda de pesquisadores de outras partes do país a Sapucaia, pela oportunidade de troca de contatos e conhecimentos entre os jovens. "É uma experiência acadêmica e curricular incrível para os alunos”, diz.

 

As inscrições para a segunda edição do SaberTec são gratuitas, e serão abertas entre julho e agosto, pelo site projetos.sapucaia.ifsul.edu.br/~sabertec. Podem participar alunos de ensino fundamental e médio de escolas públicas e privadas. Serão aceitos 150 projetos na forma de posters e 50 para apresentação oral - mais que o dobro de 2017, quando foram aceitos 80 ao total. 

 

Os trabalhos destaques no SaberTec em 2018 também serão premidos com credenciamento para participar de cinco feiras do Brasil e exterior. Serão três vagas para a Febic, quatro para a MCTEA, uma para a Muestra Científica Latinoamericana, que será realizada na cidade peruana de Trujillo, uma para a Mostra Científica do Cariri (Mocica) e duas vagas para a Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia (Mostratec). “A participação nestas feiras abre as portas para que os estudantes consigam mostrar os projetos de ensino, pesquisa e extensão que eles estão produzindo para pessoas de outras regiões do Brasil e de outros países”, ressalta Janaína.

registrado em:
Fim do conteúdo da página